Mulher provoca incêncio no trabalho para sair mais cedo

Mulher provoca incêncio no trabalho para sair mais cedo

Golpe só foi descoberto por causa do colega dedo-duro

A americana Michelle Perrino, de 39 anos, nunca receberá a placa de funcionária do mês. Ela pôs fogo no escritório em que trabalhava para ir embora mais cedo.

O incêndio aconteceu na cidade de Pasco, na Flórida, nos Estados Unidos. O surpreendente é que dias depois do "acidente", Michelle voltou ao trabalho e se demitiu.

O chefe só foi saber que Michelle era a culpada pelo incêncio quando um colega dedo-duro a denunciou contando, também, que ela faltava muito.

Michelle assumiu a culpa e ficará presa por nove meses, além de pagar cerca de R$ 8.000 à antiga empresa devido ao incêncio.

Fonte: R7, www.r7.com