Mulher processa cidade que proíbe a venda de brinquedinhos sexuais

Mulher processa cidade que proíbe a venda de brinquedinhos sexuais

Ela ficou possessa com a notícia e vai processar o governo por tamanha sacanagem

Uma americana está processando a cidade de Sandy Springs (EUA) após o governo implementar uma lei que proíbe a venda de brinquedos eróticos sem uma prescrição médica ou prescrição legal.

Melissa Davenport não gostou nada dessa lei e entrou com uma ação para tentar reverter a situação. Davenport foi diagnosticada com esclerose múltipla e acredita que os brinquedos sexuais podem salvar seu casamento.

O advogado da mulher, Gerry Weber, alega que a nova lei viola o direito à privacidade do indivíduo.

? O governo não pode simplesmente entrar no seu quarto e decidir o que você pode usar ou não. As pessoas têm o direito de decidir sozinhas se esses objetos podem ajudar na sua vida íntima, e essa decisão não pode ser tomada pelo governo, disse Weber.

A mulher e seu advogado esperam receber uma resposta da cidade até Junho.

Fonte: r7