Papagaio rompe o silêncio e entrega o assassino de sua dona na Índia

Bichano viu quando sobrinho matou a mulher em casa e saiu do silêncio

Um papagaio esperto da cidade de Agra, no norte da Índia, desvendou um crime cabuloso. A dona do bichano, Neelam Sharma, de 45 anos, foi achada morta ao lado de outro pet, um cão, dentro de casa. Apenas Hercule, o papagaio de estimação de Neelam, presenciou o assassinato, ocorrido no último dia 20 de fevereiro. Mas a polícia não tinha pistas do assassino. Hercule ajudou a resolver o quebra-cabeça que levou à captura do bandido, de acordo com informações do jornal Times of India.

O marido de Neelam, Vijay Sharma, percebeu que Hercule ficava bem exaltado e histérico quando o sobrinho do casal, Ashutosh, se aproxiamava dele. O papagaio só faltava pular em cima de Ashutosh. "Isso levantou suspeitas", disse Sharma, que comunicou a história à polícia.

Os oficiais acharam estranho, mas começaram a investigar Ashutosh. Não deu outra. Após ser interrogado, o sujeito confessou que tinha matado a tia com a ajuda de um cúmplice. Ele disse que matou a mulher para levar dinheiro dela. Deu tiros no cachorro porque "ele estaria latindo demais na hora do crme".

Empolgado, Sharma disse que o papagaio chegou a "falar" sobre Ashutosh: "Ele matou". Tratado como herói, o papagaio vive repetindo o nome da sua dona.

O marido dela pensa agora em levar a um veterinário que consiga amenizar o trauma do bicho, coitado. Mas parece que Hercule está pelo menos satisfeito em botar o assassino atrás das grades. Fez justiça com o próprio bico.

Fonte: r7