Papas, Messi, Dilma e Neymar viram "caganers" de presépio da Catalunha

Tradição do séc. XVIII via bonecos defecando como símbolo de fertilidade.

O Papa Francisco, os jogadores Neymar e Messi, a presidente Dilma Rousseff e o mascote da Copa do Mundo 2014, o tatu Fuleco, são alguns dos novos personagens homenageados como bonecos "caganers", em uma tradição anual para celebrar o Natal na Catalunha, na Espanha.

Sinônimo de fertilidade numa sociedade de tradição agrícola, os bonecos de terracota antigamente representavam um camponês catalão agachado defecando em seu campo, em uma tradição que remonta ao século XVIII. A prática passou a incluir bonecos de celebridades defecando em meio a cenários de presépios natalinos, e o desafio é identificar esses personagens em meio à cena.

Os novos modelos foram lançados nesta sexta-feira (15) na cidade de Torroella de Montgrí. Entre os outros bonecos aparecem o campeão de Fórmula 1 Sebastian Vettel, o Papa Emérito Bento XVI, além de outros jogadores e técnicos de futebol, e personagens como Snoopy, mestre Yoda, um dos Angry Birds e a estatueta do Oscar.

"Este ano, há mais esporte e menos política", disse à AFP Marc Alós, da família Alós-Plá, empresa líder do setor. "Antes, produzíamos apenas o camponês típico, mas tivemos que começar a fabricar variantes, porque já não vendíamos mais. Em 2003, começamos a produzir personagens, que foram muito bem recebidos", explica Alós.

Este ano, foram fabricadas 30 mil unidades de mais de 300 modelos, que começarão a ser vendidas em 30 de novembro, a um preço entre 12 e 17 euros.


Papas, Messi, Dilma e Neymar viram

Papas, Messi, Dilma e Neymar viram

Papas, Messi, Dilma e Neymar viram

Papas, Messi, Dilma e Neymar viram

Papas, Messi, Dilma e Neymar viram

Papas, Messi, Dilma e Neymar viram

Papas, Messi, Dilma e Neymar viram

Fonte: G1