Peixe dourado é assassinado por testemunhar roubo

Adolescente que invadiu uma casa disse que "não podia deixar testemunhas"

Um assaltante de apenas 16 anos, acompanhado de dois amigos, invadiu uma casa em Chicago (EUA) para roubar. Mas, para sua surpresa, haviam três testemunhas, que ele se viu na obrigação de "apagar" para não deixar rastros.

O esquisito é que as testemunhas eram três peixinhos dourados que estavam em um aquário. O cara foi lá e, cruelmente, jogou todo tipo de tempero na água: ketchup, mostarda e pimenta, entre outros...

O apartamento havia sido esvaziado em 19 de janeiro deste ano, por conta de um incêndio. Mas os três conseguiram pegar um vídeo game, 30 jogos, um CD player, uma arma de pressão, joias e um cofre.

Ao Daily Herald, o sargento Mike Hernandez, que está cuidando do caso, disse que os garotos também vão enfrentar acusações de maus tratos aos animais, além das referentes ao crime.

- Na verdade, é meio perturbador. De acordo com o relato dos policiais, ele [o garoto] olhou para o aquário e disse "nós não podíamos deixar nenhuma testemunha".

Fonte: R7, www.r7.com