Conheça o "Peru-Cthulhu": o prato mais bizarro da ceia de Natal

Conheça o "Peru-Cthulhu": o prato mais bizarro da ceia de Natal

O site Gothamist foi atrás da origem desse prato e encontrou um cozinheiro maluco em Lubbock,

Nesta semana, uma foto de um peru de Natal bizarro pipocou na internet e se espalhou que nem o vírus da gripe se propaga em lugares em que ninguém limpa os filtros do ar condicionado.

O site Gothamist foi atrás da origem desse prato e encontrou um cozinheiro maluco em Lubbock, no Texas (EUA), terra do finado Buddy Holly.

O nome do cozinheiro de abominações é Rusty Eulberg e ele inventou essa junto com sua mulher, Jennifer Robledo.

O peru, que ele batizou de "Cthurkey", é uma mistura de peru de Natal e de Cthulhu, mostro criado pelo mestre da ficção científica H.P. Lovecraft em 1926.

? Eu e minha mulher queríamos fazer algo diferente para a ceia de Natal em que íamos receber uns amigos. Jenny é uma baita fã do Cthulhu e, então, a gente saiu, comprou pernas de caranguejo, polvo e bacon, preparou tudo em separado e juntou no mesmo prato. Foi isso!

Eulberg ainda disse que chegou a repetir a dose depois, com um frango que ele chamou de Cthicken.

? A reação de todo mundo é "ah eu não como isso", mas, como cada coisa é preparada individualmente e tudo que eu faço é colocar no mesmo prato, fica delicioso.

O horror mesmo, segundo Eulberg, é a bandeja ? que é uma antiga relíquia nazista, com uma suática gravada na parte de baixo e que foi comprada por um amigo em uma antiga base abandonada, na Alemanha.

Eulberg também declarou que ficou surpreso quando viu as fotos de seu prato se espalhando pela internet e, agora, está pensando em como ele e a mulher vão superar a criação.

? Acho que vamos fazer cupcakes de Halloween e colocar tentáculos de minhoquinhas de bala de goma. Talvez a gente frite tudo em um panelão.

Conselho de amigo... Se você quiser realmente mandar bem na ceia de Natal, prenda essa aqui, ó: Receita de panetone com sorvete é simples e promete surpreender como sobremesa no Natal.

Fonte: r7
Tópico