Celular escondido em ânus de prisioneiro toca durante a revista

Celular escondido em ânus de prisioneiro toca durante a revista

Homem de 58 anos precisou ser internado, mas teve alta e voltou à cadeia

Um prisioneiro do Sri Lanka que tentou esconder seu telefone celular durante uma inspeção em sua cela foi descoberto quando os guardas ouviram toques vindos de suas nádegas, informou um funcionário dos serviços médicos nesta sexta-feira (8).

O condenado de 58 anos de idade precisou ser internado no hospital nacional em Colombo, onde os médicos mais tarde retiraram o aparelho de seu reto.

"O homem tinha escondido o telefone dentro dele mesmo", disse o funcionário, que pediu para não ser identificado.

"Infelizmente para ele, o telefone tocou na hora errada e os guardas sabiam que ele tinha um telefone na extremidade errada."

Ele disse que o homem permaneceu no hospital por dois dias, mas recebeu alta e foi enviado de volta para a prisão nesta sexta-feira, depois que o celular foi retirado.

O preso está cumprindo uma pena de 10 anos por roubo na prisão de segurança máxima de Welikada, na capital.

Fonte: G1