Prostituta é presa por morder pênis de cliente que não pagou

Prostituta é presa por morder pênis de cliente que não pagou

Cliente disse que pagaria pelo programa outro dia.

O zimbabuano Brain Shumba, de 32 anos, que mora na cidade de Gweru, foi hospitalizado depois que uma prostituta mordeu seu pênis depois que os dois discutiram sobre o pagamento de um programa, segundo o site de notícias "Bulawayo 24 News".

De acordo com a polícia, o incidente ocorreu na segunda-feira à noite. O investigador Emmanuel Mahoko não forneceu maiores detalhes sobre o caso, mas confirmou que Wadzanai Marimo, de 34, foi detida. A mulher teria mordido o órgão sexual do cliente porque ele disse que pagaria pelo programa outro dia.

Fonte: g1, www.g1.com.br