Prostitutas precisam saber usar desfibrilador

Prostitutas precisam saber usar desfibrilador

Cidade de Lugano, na Suíça, não quer mais velhinhos milionários morrendo de enfarte

Lugano é um lugar engraçado. Fica na Suiça, mas as pessoas falam italiano. Para cada 1.500 pessoas existe pelo menos um bordel e esses bordéis rendem, anualmente, cerca de 172 milhões de reais.

Justamente por causa deste lucro que as casas de tolerância proporcionam, a tolerância com elas é bem alta. Tanto é que, recentemente, quando um aposentado morreu de ataque cardíaco ao desfrutar dos prazeres que só a cidade é capaz de proporcionar, as autoridades não caíram matando em cima da prostituição organizada.

Pelo contrário, agora os donos de bordéis estão munindo suas prostitutas com desfibriladores, que é para o caso de algum milionário passar durante uma sessão de sexo selvagem.

Todas as prostitutas estão recebendo treinamento adequado para o uso do maquinário. Em breve elas saberão qual a voltagem que se deve usar para ressuscitar um tiozinho, qual é mais apropriada para brincar com um sado masoquista e com quantos volts se esquenta um misto quente.

Fonte: R7, www.r7.com