Rebelde da Al-Qaeda pede desculpas por decapitar o homem errado; veja

Porém, quando um vídeo foi publicado na internet, outros rebeldes reconheceram o homem barbudo como “um colega islâmico”.

Um grupo de extremistas islâmicos da Al-Qaeda pediu desculpas após decapitar e exibir publicamente a cabeça do homem errado.

Durante um discurso em Aleppo, na Síria, o grupo jihadista, que também atua no Iraque, levantou a cabeça decapitada de uma vítima que descreveu como um ?líder da milícia do presidente Bashar Al-Assad?.


Rebeldes da Al-Qaeda pedem desculpas por decapitar o homem errado

Porém, quando um vídeo foi publicado na internet, outros rebeldes reconheceram o homem barbudo como ?um colega islâmico?.

Um porta-voz ISIS confirmou ao jornal ?Daily Telegraph? que o homem era, de fato, Mohammed Fares, um soldado de uma facção de muçulmanos sunitas.

A hipótese é que Fares pode ter sido ferido em uma batalha com um grupo xiita e mais tarde acabou sendo decapitado num mal entendido.

O porta-voz do grupo responsável pela morte de Fares, Omar Al-Qahtani, que os rebeldes pediram ?compreensão e perdão?.

Fonte: Extra