Repórter destrói celular inquebrável

Repórter destrói celular inquebrável

Fabricante afirmou que era indestrutível. Repórter quis tirar a prova

A coisa não poderia ter sido mais embaraçosa. Um repórter da BBC estava em Las Vegas, Nevada (EUA), para cobrir uma exposição de produtos eletrônicos e entrevistava o responsável por um celular que deveria ser praticamente indestrutível.

Em questão de segundos, o jornalista arrebentou a tela do aparelho no exato instante em que o executivo da empresa fabricante dizia que o celular era inquebrável e prometia dar um novo para quem o conseguisse detonar. Tudo bem que Dan Simmons, repórter da BBC, depois de ter mergulhado o telefone em um aquário, estava batendo com ele na quina do tanque, mas o fato é que ele quebrou.

A empresa fabricante dizia que o aparelho sobreviveria se caísse do 10º andar de um prédio e que ele poderia ser usado como martelo para pregar um prego em uma parede de concreto.

Fonte: R7, www.r7.com