Repórter é multado ao vivo pela televisão

Guarda não dá mole e não se importa com a câmera na hora de canetar carros

Os marronzinhos da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) de Santa Mônica, na Califórnia (EUA) talvez sejam até mais implacáveis do que os de São Paulo.

Eles não perdoam nem repórteres que estão ao vivo na televisão. Gayle Anderson fazia uma reportagem sobre o carro ideal para uma viagem quando uma guarda começou a multar os carros estacionados.

Tudo foi filmado. A cada multa de US$ 50 (cerca de R$ 93) a guardinha destacava uma folha do seu bloquinho e continuava sua tarefa implacável.

A repórter até tentou argumentar com a guarda que tinha pago a permissão para deixar os carros ali mas, como a mulher-multa não deu muita bola, a jornalista levou o fato na esportiva.

Fonte: R7, www.r7.com