Boneca pode dar ainda mais prazer a casais sem ousadia

Boneca pode dar ainda mais prazer a casais sem ousadia

Criador de Roxxy afirma que a boneca não foi feita apenas para homens solitários

Roxxxy, o robô do sexo que foi a sensação de uma feira de produtos eróticos, organizada neste mês, em Las Vegas, nos Estados Unidos, não foi feita apenas para homens solitários.

Segundo o inventor Douglas Hines, casais também podem utilizar a boneca para ousar ainda mais.

- Muitos casais têm vergonha de experimentar coisas novas. A Roxxxy pode entrar, por exemplo, em uma fantasia a três, sendo que um dos participantes vai ser um robô.

Hines é casado há vários anos. Na entrevista concedida ao R7, o inventor se esquivou e apenas riu quando foi perguntado se já usou a boneca com a mulher, mas garantiu que a companheira o apoiou durante a confecção de Roxxxy.

- Eu conheço minha mulher desde o colégio. Ela me deu alguns toques e me deu apoio o tempo todo.

A boneca foi projetada para ter diversas personalidades. O usuário pode programar Roxxxy para ser uma moça tímida, que não gosta de ser tocada, e curte fazer sexo de uma maneira, digamos, mais tradicional. Ou, se preferir, pode baixar na internet uma personalidade mais apimentada, que gosta de apanhar ou de falar obscenidades.

Tudo depende do gosto do freguês e esta, de acordo com Hines, é a grande graça de Roxxxy.

- Ela é realista. O mais que pudemos fazer. Sua voz não é robótica e sua atitude parece com a de mulheres de verdade.

Roxxxy tem até personalidades gays e bissexuais. O inventor planeja montar um fórum na internet, para que os usuários possam trocar personalidades da boneca.

Para Hines, Roxxxy é quase como uma mulher perfeita. Tão completa, que seu corpo não deverá sofrer modificações. A partir de agora, o inventor deve se dedicar a inventar personalidades diferentes e planos de assinatura para a comercialização da boneca.

E, para as mulheres que estão com ciúmes dos homens, prepare-se, vem aí Rocky, a versão masculina de Roxxxy.

Fonte: R7, www.r7.com