Senhor é dado como morto e lê próprio obituário em jornal diário

Senhor é dado como morto e lê próprio obituário em jornal diário

Sueco de 81 anos chamou repórter para fazer "continuação" da notícia.

Um senhor de 81 anos de Jönköping, na Suécia, ficou surpreso após ler o próprio obituário em um jornal local, depois que sua irmã se enganou em um telefonema com os médicos e acreditou o que homem havia morrido.

Sven-Olof Svensson foi levado ao hospital na noite de Natal após se sentir mal e, de acordo com o jornal sueco ?The Local?, a irmã de Sven, que tem 90 anos, interpretou errado uma conversa por telefone que teve com os médicos que atendiam o senhor.

Achando que o irmão havia partido, a senhora chamou uma amiga e rapidamente escreveu um obituário, que foi publicado no jornal local ?Jönköpings-Posten?. O senhor, que já tinha lido o jornal no dia seguinte, levou o erro com bom humor, e conversou com a irmã quando ela foi buscar os itens pessoais do sueco, e se espantou ao ver que ele ainda estava na cama do hospital.

Rindo da situação, Svensson até chamou um repórter do jornal local para que fosse publicada uma ?continuação? da reportagem, corrigindo o erro. ?Todos vamos pela mesma estrada. Cedo ou tarde você acaba na seção de obituários. Vivi uma vida fantástica, tenho 81 anos e não posso reclamar da minha idade?, declarou Sven.

Ao final, o senhor chegou até a citar o escritor Mark Twain, que foi vítima de dois boatos a respeito de sua morte, sendo um deles publicado em forma de obituário em um jornal. ?Os rumores de minha morte foram muito exagerados?, finalizou Svensson.

Fonte: G1