Mulheres são presas após mostrarem seios em gravação

Os clientes e a equipe de filmagem incentivavam as mulheres a mostrar seus seios.

Seis mulheres foram presas na quinta-feira em Yulee, na Flórida (EUA), após mostrarem os seios durante a gravação de um vídeo ao estilo de "Girls Gone Wild", que pode ser traduzido para "Garotas que Caíram na Gandaia", segundo o jornal "Florida Times-Union".

O vídeo estava sendo gravado em um bar. Após uma denúncia, a delegacia de polícia do condado de Nassau enviou agentes à paisana para investigar a denúncia, já que negócios de orientação sexual e nudez pública são proibidos no condado.

Ao todo, 16 pessoas foram detidas durante a gravação de "Girls Gone Wild", que é uma popular série de vídeos onde mulheres se expõem diante das câmeras.

De acordo com a polícia, os clientes e a equipe de filmagem incentivavam as mulheres a mostrar seus seios. Eles também pediram para elas jogarem tinta com spray nos peitos para que as cenas pudessem ser gravadas.

Quando cumpriram os pedidos, Carmyn Ryan Jefferson, de 19, Justine Demers, de 21, Lorie Tipton, de 29, Diane Mickey, de 21, Carolyn Mendez, de 19, Cathy Mendez, de 18, e Tiffany Bell, de 29, acabaram presas acusadas de exposição indecente.

Além das sete mulheres, foram detidos o dono do bar, Kim Karim Bateh, os empregados Paul Simmons e Robert Illo, os clientes Jack Clark e Gary Deehan Jr. e outras quatro pessoas.

Fonte: g1, www.g1.com.br