Site promove aluguel de amigos para solitários

Site promove aluguel de amigos para solitários

Serviço com precinho camarada só impõe uma regra: não pode tocar nos contratados

Se a situação está grave e você anda mais solitário que um Robson Crusoé perdido na ilha, o site americano, com sede em Nova Jersey, tem a solução. Chama-se RentAFriend. O serviço oferece aluguel de amigos por um precinho camarada ? cerca de R$ 44. Esse valor corresponde à quantia mensal que o usuário deve desembolsar para ter acesso ao conteúdo da página na web. Para passear com a pessoa, é preciso pagar mais R$ 18 por hora ? grana que pode ser negociada.

É acertar o contrato, escolher e levar pra casa ? ou melhor, pra residência, para não ficar tentado a violar a regra principal: não pode tocar nos alugados. De jeito nenhum. Nem se rolar um clima.

O site tem um cadastro de 108 mil amiguinhos, com idades entre 20 e 50 anos, do Canadá e dos EUA. Pode-se escolher alguém vendo perfil e fotos. Daí é só levar o sujeito ou a mulher para o bar, restaurante, cinema, ginásio de esportes , praça, shopping. Se quiser falar até não poder mais, está liberado.

Cerca de 1.200 pessoas se cadastraram na página para ter companhia. O jornal Las Vegas Weekly entrevistou alugados e, digamos, inquilinos para saber como rolam essas transações.

Os usuários ? que não informaram os nomes - elogiam a praticidade do serviço. A maioria dos clientes leva os amigos pagos ao cinema mesmo, num programinha rápido. Um homem foi contratado para ir a uma cerimônia de casamento. Tem pai e mãe que procura por amiguinhos de filhos tímidos, para levá-los a parquinhos.

Mas tem muita gente que escolhe colegas para atividades menos comuns ? entre elas, saltar de paraquedas, ir a degustação de vinhos, escalar montanhas, correr maratona, jogar videogame (em lan house), assistir a competições de balão e frequentar academias.

Até agora, não houve casos de assédio. O fundador do site, o americano Scott Rosenbaum, conta que teve a ideia de montar a página no Japão, onde morou.

- A vida nesse país é tão corrida que as pessoas não têm nem tempo de arrumar amizade.

E se a pessoa não gostar da amizade contratada, pode devolver? Sim, responde o fundador.

- Mas não tivemos casos assim, garante.

E o que acontece se o amigo não gostar do contratante? Também não houve episódios divulgados com esse enredo. Pelo jeito, o contratado precisa aguentar ser alugado mesmo. Tudo pela amizade.

Fonte: R7, www.r7.com