Sósia de Saddam Hussein "leva pau" por não fazer filme pornô

Egipcio recusou a oferta e, por causa disso, está com a corda no pescoço

Um egípcio levou uma baita surra de uma gangue de iraquianos porque ? segundo ele ? se recusou a assumir o papel de Saddam Hussein em uma produção pornográfica.



Era o primeiro domingão de outubro e Mohamed Bishr estava a caminho para o seu café em uma área suburbana de Alexandria quando foi abordado por três homens usando ternos pretos, que o forçaram a entrar em uma van.

Bishr levou uma pancada na cabeça e, apesar do pesadelo ter durado pouco, acabou no hospital.

Mahmoud, filho de Bishr, disse que os caras que sequestraram seu pai foram os mesmos que apareceram na casa deles e ofereceram uma grana alta em troca de sua participação em uma produção pornográfica.

A ideia dos caras era que Bishr ? que tem uma notável semelhança com o falecido Saddam Hussein ? personificasse o líder iraquiano em um filminho de safadeza.

Bishr recusou sem pensar duas vezes, mas, depois disso, começou a receber ligações ameaçadoras dizendo que ele seria sequestrado caso não topasse participar da brincadeira.

Não é a primeira vez que a semelhança entre Bishr e Saddam causa problemas. Na época em que o ex-presidente estava sendo procurado pelos americanos, ele já havia sido agredido por pessoas que acharam que ele o verdadeiro Saddam e queriam entregá-lo aos ianques em troca da recompensa oferecida.

Diz-se que Saddam Hussein - executado em 2006 ? tinha vários sósias que eram usados em aparições públicas. Nenhum deles ? até onde se sabe ? jamais recebeu proposta para fazer filme pornô.

Fonte: R7, www.r7.com