Tarado é preso após ser flagrado acariciando pôneis

Tarado é preso após ser flagrado acariciando pôneis

Em 2009, suspeito foi condenado por ato sexual com cavalo.

O britânico David Walter Chamberlin, de 71 anos, que tinha sido condenado a dois anos de trabalho comunitário acusado de ter feito sexo com um cavalo, foi preso após violar a ordem judicial de manter a distância de cinco metros de um equino, segundo o jornal "The Sun".



Chamberlin foi detido após ser flagrado acariciando pôneis. Testemunhas disseram ter visto o idoso com os animais em um terreno baldio em Middlesbrough, no Reino Unido. O homem admitiu que violou a ordem judicial.

Chamberli tinha sido condenado no ano passado por causa do ato sexual com um cavalo. O aposentado tinha levado o animal para o meio dos arbustos, mas acabou flagrado pelo dono do cavalo.

Fonte: g1, www.g1.com.br