Tribunal decide que ganhar peso não é motivo para divórcio na Índia; confira

A decisão saiu em resposta a um homem que alegara que a esposa havia engordado demais e que, por isso, havia decidido se separar dela

A Suprema Corte de Mumbai (antiga Bombaim, Índia) decidiu que ganhar peso após o casamento não pode ser usado como motivo para divórcio.

A decisão saiu em resposta a um homem que alegara que a esposa havia engordado demais e que, por isso, havia decidido se separar dela.

De acordo com o processo, a indiana passou a ganhar peso após o matrimônio e, segundo o marido, recusou-se a buscar ajuda médica para emagrecer. Assim, nas palavras do marido, a mulher foi incapaz de cumprir suas obrigações matrimoniais, de acordo com o "Indian Express".

Os dois haviam se conhecido em um escritório que oferece serviço para solteiros em busca de casamento. A mulher alegou ter engordado por causa de uma cirurgia que fizera nos seios antes do matrimônio. Ela acrescentou que, no formulário para o casamento, não havia qualquer campo onde ela pudesse informar que precisaria ser submetida à operação.

Fonte: OGlobo