Vilã de filme infantil? Americana rouba cãozinho de uma menina com câncer

Quando você pensava que ninguém poderia ser tão mau assim, descobre gente assim

Parece coisa de um vilão de filme infantil, mas acredite: não é.

Os fatos são os seguintes: uma garotinha californiana, moradora da cidade de Riverside, nos EUA, tem leucemia, que todos sabemos ser uma doença terrível, dificílima de curar. Ah, ela tem sete anos.

Foi aí que uma benfeitora, chamada Shawna Hamon, querendo agradar a menina após ter descoberto seu desejo de ter um cãozinho da raça pug, comprou um e pediu para que uma colega sua levasse para a garota, como um presente de natal.

Esse cãozinho jamais chegou às mãos da garota com câncer, obviamente (senão não estaríamos nem dando a notícia, né?)

Após saber disso, Hamon procurou a polícia para uma investigação sobre o paradeiro do bicho e foi até a casa da colega em questão.

O animal não estava lá, mas a polícia fez uma busca pelo bairro e descobriu o cão em uma casa no mesmo bairro.

A ladra de filhotes será indiciada por roubo, Hamon entregará o cãozinho pessoalmente à garota doente e nós entenderemos tranquilamente caso você tenha perdido a fé na humanidade.

Fonte: r7