"Vovô do crime" é condenado a três anos de cadeia no dia do aniversário

O julgamento ocorreu no último dia 7/5, data em que Sharp chegou aos seus 90 anos.

Leo Earl Sharp, um senhor de 89 anos preso em Detroit, nos EUA, ao auxiliar no transporte de mais de 635 kg de cocaína, foi condenado a 3 anos de cadeia por tráfico de drogas.

O julgamento ocorreu no último dia 7/5, data em que Sharp chegou aos seus 90 anos.

O americano foi um dos criminosos mais velhos a serem julgados pela corte. Em sua primeira audiência em 2013, o idoso foi extremamente comunicativo, e afirmou arrependido que nunca havia cometido um crime antes, e que trabalhou para a organização criminosa porque precisava de dinheiro.

?Em seis meses farei 90 anos?, disse Sharp à época. O homem foi preso enquanto transportava parte da carga, ao ser parado por um policial rodoviário, que foi verificar o que o senhor levava no veículo.

Apesar da pena mínima para esse caso ser de 14 anos de cadeia, os promotores recomendaram apenas 5 anos de prisão, visto a idade avançada de Leo e pelo fato de o senhor ser um veterano de guerra. ?Foi uma péssima decisão para ser tomada nesse momento da vida, disse o juiz?.

O advogado do americano chegou a recorrer e pedir prisão domiciliar ao homem, mas apenas conseguiu reduzir a pena a três anos em regime fechado.





Fonte: G1