Museu de moda paga US$ 277 mil por vestido que foi de Lady Di

Museu de moda paga US$ 277 mil por vestido que foi de Lady Di

Roupa foi vestida por Diana em sua primeira aparição oficial com Charles

O vestido usado por Lady Di em sua primeira aparição oficial com o príncipe Charles foi vendido nesta terça-feira (8) US$ 277 mil para a Fundação Museu da Moda do Chile, em um leilão realizado em Londres, anunciou a casa Kerry Taylor Auctions.

O modelo de tafetá preto escolhido pela então tímida e desconhecida professora para se apresentar à sociedade ao lado do noivo em uma festa beneficente em março de 1981, praticamente superou em quatro vezes o valor estimado.

Os organizadores explicaram que, embora durante algum tempo se tenha comentado que a princesa Diana havia destruído o vestido, ele foi encontrado há algum tempo pelos estilistas Elizabeth e David Emmanuel.

"À medida que se aproximava o casamento, Diana perdeu tanto peso que devolveu o vestido usado aos Emmanuel para que fosse ajustado. Mas os consertos que exigia eram tão drásticos que os estlistas decidiram que seria mais fácil fazer uma versão menor. Guardaram o original e se esqueceram dele", explicou Taylor.

Museu de categoria mundial em Santiago do Chile

A casa de leilões explicou que o vestido foi comprado por Jorge Yarur, que com a Fundação Museu da Moda "estabeleceu um museu de categoria mundial em Santiago do Chile".

Taylor disse que depois da venda falou com Yarur, que lhe disse que quando morrer doará este e outros vestidos da princesa Diana que detém em sua coleção ao palácio de Kensington, residência oficial dos príncipes durante seu casamento.

Charles e Diana se casaram em julho de 1981 e tiveram dois filhos, William e Harry. O casal se separou em 1992 e se divorciou em 1996, um ano antes da morte da princesa, em um acidente de carro, em Paris.

Fonte: g1, www.g1.com.br