Descubra como seriam alguns ídolos do rock se ainda estivessem vivos

Eles poderiam ter ficado muito mais tempo entre nós

Como se fosse uma maldição, grandes nomes do rock and roll e blues acabaram indo embora cedo demais, nos deixando órfãos da boa música. Existe até mesmo o 27 Club — ou Clube dos 27 — que é a "reunião" de muitos artistas que morreram quando tinha essa idade. Uma pena. Eles poderiam ter ficado muito mais tempo entre nós.

Se isso tivesse acontecido, como seriam as suas feições com o avanço da idade? Como estariam os rostos de Kurt Cobain, Janis Joplin, Elvis Presley ou Bob Marley se eles estivessem vivos até hoje? Um projeto encomendado pela Sachs Media usou tecnologia de ponta para simular as faces dos nossos ídolos com o intuito de sabermos como eles estariam.

Eles estão de volta!

Os recursos usados nessas simulações são os mesmos que são utilizados em retratos de pessoas desaparecidas há muitos anos, criando novas imagens para a sua localização. Usando características pessoais de cada indivíduo, a tecnologia apresenta novos retratos totalmente realistas e, na maior parte das vezes, com o máximo de perfeição.

"Através dessa série de fotografias, nós esperamos honrar e trazer um pouco da magia que esses ídolos ofereceram para seus milhões de fãs", disse Ron Sachs, CEO da Sachs Media. "Dessa forma, todos nós podemos refletir sobre as maravilhosas contribuições que essas pessoas ainda poderiam ter feito se estivessem vivas".

Elvis Presley

Eis o rei do rock! Cantor, ator, compositor, ídolo, Elvis era o queridinho de muitas mulheres graças às suas características exclusivas e ainda hoje seria o motivo de muitos suspiros pelo mundo afora. Ele morreu em 1977, com 42 anos, vítima de uma insuficiência cardíaca — ele era toxicodependente — e hoje estaria com 78 anos de idade.

Dennis Wilson

Ele foi o membro fundador da Beach Boys, banda inesquecível no coração dos fãs. Dennis Wilson tinha 39 anos quando morreu (afogado, enquanto tentava recuperar bens inestimáveis que estavam jogados ao mar depois do naufrágio de um navio) e, em dezembro, comemoraria 69 anos de idade. Ele era alcoólatra e usuário de drogas.

Jim Morrison

Se Jim Morrison, líder da banda The Doors, estivesse vivo, ele estaria exatamente desse jeitinho que você vê na foto: dono de um olhar intenso, talento inestimável e 70 anos de idade (que completaria no dia 08 de dezembro). Jim morreu em 1971 de insuficiência cardíaca em Paris e é membro do Clube dos 27.

Kurt Cobain

Mais um grande músico que hoje faz parte do Clube dos 27, Kurt Cobain se matou em 1994 e deixou uma legião de fãs que curtirão o som da Nirvana para sempre. Ele estaria com 46 anos de idade se ainda estivesse vivo e ostentaria os olhos azuis e personalidade forte que tanto chamavam a atenção nesse grande artista.

Karen Carpenter

O nome dela já diz tudo: junto com o irmão Richard, Karen fazia parte do The Carpenters, dupla de grande sucesso na década de 70. Dona de uma voz apaixonante, Karen era viciada em laxantes na tentativa de permanecer magra e passava muita fome, até que em 1983 teve uma insuficiência cardíaca e morreu aos 32 anos de idade. Hoje ela teria 63.

Keith Moon

A banda The Who não seria a mesma sem Keith Moon. Ele era conhecido por seu comportamento difícil, quebrando quartos de hotel por onde passava. Era usuário de drogas e morreu de overdose em 1978, com 32 anos de idade. Se estivesse vivo, Keith faria 67 anos e seria um dos maiores bateristas de rock ainda nos dias de hoje.

Jimi Hendrix

Mesmo depois de muitos anos após sua morte, Jimi continua sendo inspiração para os amantes de boa música e assim será por várias gerações. Também membro do Clube dos 27, ele morreu em 1970 por complicações decorrentes do uso de drogas. Este grande artista teve uma curta carreira e, este mês, estaria comemorando seu 71º aniversário, se estivesse vivo.

Bob Marley

O que seria do reggae sem Bob Marley? Um artista completo, ele era respeitado por amantes de todos os gêneros musicais, sendo introduzido no Hall da Fama do Rock & Roll em 1994. Ele teria 68 anos de idade se não tivesse morrido em 1981 aos 36 anos, vítima de câncer. Ele vendeu 20 milhões de cópias ao longo de toda a sua carreira.

John Lennon

Esse artista espetacular morreu assassinado, em 1980, aos 40 anos de idade, quando saía de seu apartamento, em Nova York. Uma perda irreparável para a música, para a lendária banda The Beatles e para os fãs do mundo inteiro que ainda têm nele um exemplo de cantor e a imagem do rock and roll. Ele teria 73 anos de idade se estivesse vivo.

Janis Joplin

Essa simpática senhora, se estivesse viva, teria 70 anos de idade, mas infelizmente morreu de overdose em 1970, aos 27, assim como os outros grandes ídolos do rock. Dona de uma voz insubstituível e de performances feitas com a alma, Janis Joplin era reconhecida no palco e fora dele por suas maneiras selvagens e talento fantástico.


Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: DailyMail Online