"É mais fácil fazer moqueca do que sucesso", opina Pitty

"É mais fácil fazer moqueca do que sucesso", opina Pitty

Pitty participa do "The Noite" para falar sobre seu novo álbum, "Sete Vidas" e disse para Danilo Gentili que "fazer moqueca é mais fácil do que fazer sucesso"

Pitty participou do "The Noite", do SBT, nesta quarta-feira (8), para divulgar seu novo álbum, "Sete Vidas". Na entrevista, Danilo Gentili perguntou à cantora baiana se ela sabe fazer acarajé, iguaria típica nordestina.

"Eu não sei fazer acarajé. É uma arte". Danilo ainda emendou outra questão: é mais fácil fazer sucesso ou moqueca? "Rapaz, é bem mais fácil fazer moqueca do que sucesso".

Com pouco mais de 10 anos de carreira, ela está em seu quarto trabalho solo e disse que demorou quatro discos para perceber que não morreu na praia. Pitty também falou que é uma "zebra" por ter fugido do axé e do pagode, mas adotou um instrumento de percussão no novo trabalho.

"Sempre foi um tabu muito grande, para mim, mexer com percussão e, neste álbum, acrescentei uns agogôs. Foi uma participação tímida. Tive de ter coragem."

Sobre o rock brasileiro, a cantora acredita que o ritmo tenha vivido várias fases e faz parte de um ciclo.

"Rock no Brasil é contracultura. A nossa cultura popular vai no sentido contrário e é muito forte. Mas quando você faz alguma música não fica pensando se vai tocar ou não."

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: UOL