Wellington Camargo, irmão de Zezé e Luciano se apresenta em THE

A entrada será 1kg de alimento não perecível

O irmão da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano, Wellington Camargo, se apresenta nesta quarta-feira (20),  na região do bairro Santa Fé, na comunidade Areias, na zona Sul de Teresina. Ele se apresentou no programa Revista Meio Norte, da Rede Meio Norte e contou que vai contar um pouco da sua história e que realiza um trabalho de motivação com as pessoas.

“Eu estarei cantando e contando meu testemunho em uma palestra motivacional, falando com os cadeirantes, com as pessoas que tem limitações de locomoção. Então eu falo dos projetos que eu criei e divulgo o Evangelho acima de tudo”, adiantou.

Wellington Camargo

Evangélico, Wellington Camargo foi vítima de poliomielite aos 2 anos de idade e é cadeirante. Ele tem cinco projetos gravados, sendo que seu primeiro CD vendeu mais de 3 milhões de cópias e vem realizando ministrações por todo país. Ele conta que toda vez que vem ao Piauí se sente muito acolhido e as pessoas sempre prestigiam seu trabalho.

O evento é promovido pela Igreja Peniel Assembleia de Deus, do bairro Areias e vai acontecer em prol do Centro de Reabilitação Missão Resgate, que atende jovens com dependência química.

“Atualmente nós estamos com 21 internos e o trabalho tem seis  meses que se iniciou e temos testemunhos comprovados de jovens habilitados, que voltaram para o convivo familiar e outros que vão receber o certificado de reabilitação”, disse o pastor Ariosvaldo.

A palestra e show em louvor a Deus do cantor gospel Wellington Camargo acontece às 19h desta quarta-feira,  em um galpão próximo a Ambev. A entrada será 1kg de alimento não perecível.

Vale lembrar que o cantor foi sequestrado por quatro homens na noite de 16 de dezembro de 1998 e teve metade da orelha esquerda cortada pelos sequestradores, além de outras sofrer outras agressões físicas e verbais. Ele ficou 94 dias em cativeiro, em uma chácara a 27 quilômetros de Goiânia e após o sequestro não anda mais sozinho. O resgate do cantor custou US$ 300 mil e foi pago em 20 de março de 1999 e logo depois começou a sua carreira musical.Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Waldelúcio Barbosa