Ney Latorraca volta à TV e mostra as loucuras de um hospital

Latorraca renovou seu contrato com a Globo até 2014 e, para o programa, grava apenas três vezes por semana.

Depois de ficar pouco mais de um ano longe das telinhas, Ney Latorraca está de volta. Com um talento além do limite, que já é reconhecido pelo público, ele vai animar os finais das noites de domingo, no seriado SOS Emergência, da Globo.

?Volto com Mauro Mendonça Filho, de quem gosto demais. Ele se parece muito com Walter Avancini, uma coisa muito boa. No SOS estarei cercado de gente bacana, e fazendo um exercício de ator muito grande, pois a comédia é um gênero dificílimo. Quando se consegue fazer um humor inteligente e que provoca riso, é extraordinário.?, disse Ney a O Fuxico.

Questionado por ter ficado longe de trabalhos na tevê, ele contou:

?Não gosto de emendar um trabalho no outro. Gosto de ficar um tempo longe e depois voltar em bons projetos. E neste, gravaremos 15 episódios que passarão após o Fantástico. Mas acho que vai pegar e gravaremos muitos mais?.

Latorraca renovou seu contrato com a Globo até 2014 e, para o programa, grava apenas três vezes por semana.

?Nos demais dias, aproveito para caminhar na Lagoa, passear, ver amigos."

Comemorando neste ano seus 66 anos de vida, 46 de carreira e 36 de Globo, Ney Latorraca está empenhado em outros projetos que prometem agradar ao público.

?Fiz um filme chamado O Gerente, baseado em um conto escrito há 36 anos, por Carlos Drummond de Andrade. A direção é de Paulo Cesar Saraceni e no elenco estão Othon Bastos, Edi Botelho, a Bombom, entre outros artistas. É uma história de época, onde o gerente, que sou eu, devora todas as mulheres que aparecem em sua frente?, contou.

E tem mais cinema no pedaço.

?Tem também o filme Mocinhos e Bandidos, do romance de Nelson Motta, com roteiro de Daniel Tendler, especialmente para o cinema. A história fala do assassinato de uma atriz, onde o meu personagem e o de Luana Piovani vão atrás dos bandidos para descobrir quem são . A produção desta comédia é de Luis Carlos Barreto?, finalizou Ney.

Fonte: OFuxico, ofuxico.terra.com.br