'Babilônia': Aderbal expulsa Rafael de casa e Laís diz que tem nojo de sogras lésbicas

Rafael perde a paciência e grita com a namorada: "Para com isso! Cala essa boca agora". "Eu não aceito, acho repugnante", diz a menina, que termina a relação com Rafael

O romance entre Laís (Luisa Arraes) e Rafael (Chay Suede) nem bem começou e já vai terminar. Pelo menos é isso que Aderbal (Marcos Palmeira) vai tentar fazer nos próximos capítulos de "Babilônia". Disposto a dar uma chance ao rapaz, o prefeito de Jatobá decide fazer um jantar para conhecer melhor o pretendente de Laís. A menina faz o convite para Rafael, que hesita um pouco, mas acaba aceitando enfrentar o pai da donzela. Durante o encontro, no entanto, Aderbal e Consuelo (Arlete Sales) farão de tudo para provocar Rafael, que se sairá bem. O problema acontece quando eles perguntam a religão do garoto. "Nenhuma. Eu sou ateu", diz naturalmente. Aderbal fica em choque. "Ponha-se daqui pra fora. Você não é digno da minha filha, nunca mais ponha os pés aqui, não procure mais a Laís, nunca mais!", grita ele.


Consuelo também reage indignada: "Ateu! Um ateu, como é que pode?!". Rafael fica atônito. "Mas eu disse que respeito a crença dos outros", diz ele. "Mentira, ateu não respeita nada!", rebate Consuelo. "Claro que respeita, por isso mesmo eu quero que respeitem a minha descrença!", pede Rafael. Aderbal pega o jovem pelo braço e o leva para a porta. "Vá procurar respeito lá em Madureira, embaixo do viaduto, no raio que o parta! Na minha casa, não! Some! Rua!". Aderbal, claro, proíbe a filha de encontrar Rafael novamente, mas os dois passam a se ver sem ninguém saber.

E é aí que o pior acontece. Durante uma conversa, Laís diz não ter nada contra os homossexuais, mas que não dá para conviver. "Os coitados não têm culpa de ser como são, mas não dá pra misturar com a família. Meu pai sempre diz: a gente ama o pecador, mas não o pecado dele", fala Laís. Rafael fica em choque e decide contar a ela que tem duas mães. ""Mas isso é imoral! É pecado! Doença! Perversão", grita a garota, para pavor de Rafael. "A Estela (Nathalia Timberg) e a Teresa (Fernanda Montenegro) são duas mulheres maravilhosas, que se amam, mas podiam ser só amigas, a condição sexual não importa, o que vale é o caráter. Se você superar esses preconceitos, vai adorar ser amiga delas", diz o estudante.

Laís, no entanto, reage muito mal. "Nunca! Eu tenho nojo delas! Estou com nojo de você também! Imagina, elas devem ficar se agarrando na sua…", fala. Rafael perde a paciência e grita com a namorada: "Para com isso! Cala essa boca agora". "Eu não aceito, acho repugnante", diz a menina, que termina a relação com Rafael.

 

Fonte: Jornal Extra