Cauã Reymond aprova reviravolta de personagem:aposta em vingança

O mocinho terminou o noivado com Tóia.

Imagina perder seu grande amor e ainda descobrir que a pessoa em quem sempre acreditou é criminosa? Essas foram só algumas das desilusões pelas quais Juliano (Cauã Reymond) teve que passar em A Regra do Jogo. O mocinho terminou o noivado com Tóia (Vanessa Giácomo) por defender a inocência de Zé Maria (Tony Ramos), mas acabou descobrindo que o pai era, de fato, um criminoso. Com sede de vingança e carregando o mundo nas costas, o ex-lutador passou a fazer de tudo para acabar de uma vez por todas com a facção responsável por destruir sua vida, da qual o cara que sempre acreditou ser seu herói também faz parte.

Image title


Cauã Reymond, que dá a vida ao personagem, vê a mudança como positiva e comemora a reviravolta de Juliano. “O mocinho é o último a saber de tudo, então sempre que há uma descoberta como esta, torna-se um acontecimento muito esperado”, ele explica, e completa: “A nova fase o leva para um lugar menos passivo, de alguém que perdeu tudo e busca vingança, fazer justiça, provar sua inocência e recuperar o amor da Tóia”.

Apesar de o próprio ator ressaltar a vontade do personagem em reatar seu romance com a filha adotiva de Djanira (Cássia Kis), Juliano acabou encontrando consolo nos braços de Belisa (Bruna Linzmeyer) – a única pessoa que foi capaz de confiar cegamente no professor de artes marciais.

Para Cauã, o relacionamento é, acima de tudo, um encontro de injustiçados: “Duas pessoas desacreditadas que se apoiam uma na outra”, ele diz, e faz questão de elogiar Bruna Linzmeyer, que vive a loirinha na novela: “É uma grande parceira de cena. Admiro muito a carreira que ela está traçando e as escolhas que tem feito como atriz”, opina o intérprete de Juliano.


Fonte: Com informações do Gshow