Clemente é alvejado com um tiro nas costas e não resiste

Ele vê um vulto ao longe. Pousa a mira nele e atira.

Mais um assassinato vai acontecer em "Velho Chico". Clemente (Julio Machado) leva um tiro nas costas e não resiste. A cena será mostrada na segunda fase da novela apenas em flashback quando Cícero (Marcos Palmeira) lembrar do pai morto. O jagunço de Afrânio (Antonio Fagundes) é assassinado por um criminoso misterioso. Na sequência, Clemente aparece ouvindo galhos e barulhos de passos e, assustado, ele tenta descobrir quem está por perto. "Quem tá aí? Aparece, cão. Se mostre, que quero lhe ver", grita Clemente, desnorteado.

Ele vê um vulto ao longe. Pousa a mira nele e atira. A bala corta o vazio. O vulto atira e ele continua gritando: "Se tu tem coragem, se mostre! Se mostre, covarde! Se mostre. Eu sei que você tá aí, maldito! Aparece". Clemente dá vários tiros em direção ao vulto, mas não consegue acertar ninguém. Ouve um espouco vindo de longe e sente a bala lhe sacudir o corpo. Clemente tenta se manter em pé enquanto vai perdendo os sentidos enquanto o sangue jorra pelo pescoço, onde a bala resvalou. Atira na direção do tiro até cair de joelhos. Uma figura “sem rosto” vem até ele e dá o tiro de misericórdia pelas costas.


Clemente (Crédito: Divulgação)
Clemente (Crédito: Divulgação)
Fonte: Com informações do Gshow