Gravação da troca de tapas entre Inês e Beatriz tem 200 figurantes

No total serão 31 cenas que vai mostrar duelo entre inimigas

As cenas da gravação da troca de bofetadas entre Inês (Adriana Esteves) e Beatriz (Glória Pires) vai movimentar 200 figurantes e 24 atores. No total serão 31 cenas e tudo vai acontecer durante a realização de uma entrega de prêmio para Souza Rangel..

Quando fica sabendo que Beatriz vai receber o prêmio, Evandro (Cássio Gabus Mendes) fica muito irritado e desabafa com a advogada: "Eu não queria receber, mas ver a Beatriz representando a Souza Rangel me dá engulhos." Esperta, a mãe de Alice propõe: "Quer que eu represente você?".

O empresário se diverte com a ideia do duelo das duas e concorda com o arranjo. Ao chegar no camarim reservado da premiação, Inês encontra a rival e tenta expulsá-la: "Você não pode receber esse prêmio pela Souza Rangel. Sou a assessora especial do filho do sócio-fundador".

Debochada, Beatriz responde: "Pensei que fosse a cafetina especial". Irritada, a advogada lembra o tiro que levou da inimiga, chamando-a de "bandida ordinária". Beatriz se gaba de não estar citada no inquérito sobre o caso, já que o exame de balística a inocentou, e Inês rebate: "Chicana! Mas está sendo investigada por outro assassinato, do motorista. É péssimo para a Souza Rangel ter você associada à empresa. O Evandro quer que eu vá receber o prêmio!"

."Você? Está louca? Bêbada? Você não é nada! Nem para o seu pai você valia alguma coisa! Ele estava se lixando para...", vai dizendo a arquiteta, indignada, mas é interrompida por uma bela bofetada que leva de Inês, que diz: "Cala a boca, ordinária!". Imediatamente Beatriz revida o tapa e a ofensa: "Se enxerga, cretina!".

Fonte: Com informações: Flávio Ricco