Iolanda se culpa pelo sumiço de Martim

Era minha obrigação segurar ele aqui, Doninha... Minha!'

Em Velho Chico, por mais que Martim seja filho da falecida Leonor , Iolanda sempre o considerou como seu. Prova disso é a tristeza que sente desde que o irmão de Tereza rompeu com o pai e foi embora de Grotas do São Francisco. A mulher de Afrânio canta suas dores no jardim da fazenda, quando Doninha chega e comenta: "Quando canta bonito assim, é que num sabe mais como ‘rancá essastristeza de dentro do peito...".

A empregada, que conhece a patroa como poucos, sabe da culpa que a cantora sente pelo sumiço do rapaz e a consola: "Quem levô seu Martim daqui foi o destino dele, num foi senhora nem foi ninguém!". Iolanda, porém, desabafa: "Eu criei esse menino. Eu deveria ter impedido ele de ir... Era minha obrigação segurar ele aqui, Doninha... Minha!".

Iolanda se culpa pelo sumiço de Martim (Crédito: Reprodução)
Iolanda se culpa pelo sumiço de Martim (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Gshow