Juliano entrega o pai para Dante: "Ele é o grande chefe da facção"

As cenas vão ao ar nos próximos capítulos.

Juliano (Cauã Reymond) se meteu em uma enrascada ao tentar salvar a vida de Tóia (Vanessa Giácomo) da facção. Ao chegar em Paraty, o ex-lutador termina nas mãos da facção e fica frente a frente com Zé Maria (Tony Ramos). O chefão arma novamente para apagar o próprio filho e com ajuda de Guerra (Maksin Oliveira), arma um plano para jogá-lo nas mãos de Dante (Marco Pigossi).

Quando o policial acha Juliano desacordado em um porta-malas não pensa duas vezes e termina o prendendo por conta do suposto sequestro de Belisa. Assim que acorda e recupera os sentidos, o ex-lutador chora ao se dar conta de que foi pego mais uma vez pela facção.

Decidido, ele desabafa: “Quem me entregou foi meu pai. Eu ia conseguir uma prova contra ele, só não me mataram ainda porque eu sou o filho do chefe da facção”, diz Juliano deixando Dante perplexo. “Peraí, então o Zé Maria é o grande chefe?”, pergunta.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do Gshow