Revelação: saiba quem é o pai misterioso de Maurílio

Pai de Maurílio não é Fabrício Melgaço. Dúvida sobre o vilão continua.

No capítulo de "Império" que vai ao ar no dia 3 de março, na penúltima semana da novela, virá à tona o grande segredo de Maurílio (Carmo Dalla Vecchia). Silviano (Othon Bastos) é o seu pai, o tal homem misterioso que ele tanto fala ao telefone.


udo acontece quando Silviano sai sem destino. Lorraine (Dani Barros) bate em sua porta mas ninguém atende. Momentos depois, o ex-mordomo liga para ela, indica onde guarda a chave e a manda pegar um presente que está em sua mesa: "Não sei se nos veremos ainda, talvez eu tenha que viajar a negócios, mas lhe deixo essa pequena lembrança por conta do muito que fez por mim nesses dias difíceis. E não se preocupe, eram minhas... E são legítimas".

Ao abrir a caixa, Lorraine fica emocionada e surpresa ao ver um colar de pérolas.

Em outro momento, Silviano entra no escritório de Merival, que estranha a visita. A essa altura da trama Maurílio está preso por ter atirado em Cora (Marjorie Estiano).

"Boa noite, doutor Merival. Desculpa não ter pedido pra me anunciar, mas achei que seria melhor assim. Acho que está na hora de termos uma boa conversa", diz ele. Em outra cena, o advogado está na delegacia com Maurílio: "Ah, tava mesmo te esperando pra me tirar daqui...", diz o inimigo de José Alfredo (Alexandre Nero).

"Só vim me inteirar do caso pra poder tomar as primeiras providências, talvez até conseguir que sua prisão seja relaxada...", explica Merival. "Mas antes de conversarmos tem alguém que faz questão de falar com você primeiro... O seu pai", diz o advogado, revelando o grande segredo do biólogo. Merival vai até a porta e Silviano entra.

E perto Merival, Maurílio olhar para o pai e sorri. "Pai...!", diz o vilão. Eles se abraçam carinhosamente.

O advogado resolve perguntar se o ex-mordomo é Fabrício Melgaço: "Não, dr. Merival... Sou apenas um ex-mordomo que só está preocupado em tirar o filho da cadeia". "Um filho que você plantou no seio da família pra qual trabalhava com a evidente intenção de destruir o clã Medeiros de Mendonça e Albuquerque", devolve Merival. Silviano: "Sim, de fato é verdade. Fiz isso, mas porque cumpro ordens, continuo sendo tão somente o pau mandado que sempre fui, de alguém a quem sigo servindo...".

O advogado segue na dúvida sobre a identidade de Melgaço: "quem é essa pessoa sedenta por vingança?". "Se eu confirmasse essa sua pergunta ou revelasse a verdadeira identidade de Fabrício Melgaço, estaria decretando a minha morte, e muito provavelmente a sua também, doutor", finaliza Silviano.

Fonte: Uol