Tereza discute com Afrânio e declara: "Eu quero ir embora daqui"

As cenas vão ao ar nos próximos capítulos.

Tereza (Camila Pitanga) mal voltou a Grotas do São Francisco, e o clima já ficou tenso no casarão dos de Sá Ribeiro. Isso porque a empresária confrontou o pai sobre o uso excessivo de agrotóxicos na plantação de mangas, o que gerou uma discussão.

Acontece que, em certo momento da briga, a mãe de Miguel (Gabriel Leone) menciona o nome do irmão, Martim (Lee Taylor), e é o que basta para Afrânio (Antonio Fagundes) perder de vez o controle. "Você nunca mais me repita o nome desse infeliz dentro dessa casa! Tá me ouvindo Maria Tereza? Nunca!!!", ele exige, apontando o dedo para a filha. O coronel e seu caçula tiveram um desentendimento feio há um tempo e, por isso, romperam relações.

Ela, então, o provoca ainda mais: "Foi essa mão que o senhor levantou contra ele? Foi com essa mão que o senhor mandou meu irmão pra longe daqui?".

Por sorte, quem chega ao escritório, atraída pelos gritos, é Iolanda (Christiane Torloni). A cantora pergunta aos dois o que está acontecendo, e Tereza aproveita a oportunidade para se retirar. Ela vai a seu quarto e, quando encontra Carlos Eduardo (Marcelo Serrado), declara: "Chega, Carlos! Pra mim chega! Eu preciso ir embora daqui!".

Afrânio (Crédito: Reprodução)
Afrânio (Crédito: Reprodução)
Tereza (Crédito: Reprodução)
Tereza (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do Gshow