ONU pede autoridades que não deixem de ajudar Haiti

ONU pede autoridades que não deixem de ajudar Haiti

Haiti sofreu um violento terremoto no dia 12, que deixou mais de 170 mil mortos

O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas pediu, hoje, que a comunidade internacional não diminua seu engajamento no Haiti. O órgão da ONU adotou uma resolução, afirmando que a ajuda ao país caribenho deve ser comprometida e sustentável.

O Haiti sofreu um violento terremoto no dia 12, que deixou mais de 170 mil mortos, segundo autoridades locais. O conselho da ONU pediu que a comunidade internacional "continue a garantir apoio adequado e coordenado ao governo e ao povo do Haiti em seus esforços para superar os desafios pela frente após o terremoto".

O painel, formado por 47 nações, realiza uma sessão de emergência. O conselho insistiu que o governo haitiano deve ter um papel de liderança na determinação das prioridades nacionais.

O terremoto de magnitude 7,0 destruiu boa parte da capital, Porto Príncipe, e outras cidades próximas. Estima-se que 1 milhão de pessoas tenham perdido suas casas. Logo após o tremor, foi lançada uma grande operação de ajuda ao país, com vários países envolvidos.

Os Estados Unidos enviaram 20 mil soldados para ajudar o Haiti. Apesar do esforço internacional, centenas de milhares de sobreviventes - muitos deles em campos improvisados - ainda esperam por ajuda.

Fonte: Estadão, www.estadao.com.br