ONU tem 61 mortos e 180 desaparecidos no terremoto do Haiti

ONU tem 61 mortos e 180 desaparecidos no terremoto do Haiti

O balanço anterior, divulgado na quarta-feira, mencionava 49 mortos e mais de 300 desaparecidos

Pelo menos 61 funcionários das Nações Unidas morreram e quase 180 estão desaparecidas, nove dias depois do terremoto que devastou o Haiti, anunciou nesta quinta-feira um porta-voz da ONU, Farhan Haq.

"Temos agora 61 mortos confirmados, e menos de 180 pessoas que continuam desaparecidas", disse Haq à AFP.

O balanço anterior, divulgado na quarta-feira, mencionava 49 mortos e mais de 300 desaparecidos.

O porta-voz explicou que graças ao restabelecimento progressivo das comunicações, muitas pessoas que não tinham dado notícias desde o terremoto de 12 de janeiro puderam ser localizadas.

Ele destacou que das 180 pessoas que continuam desaparecidas, 150 são funcionários locais da Missão da ONU para a Estabilização do Haiti (Minustah).

O terremoto de 7 graus na escala Richter que devastou o Haiti destruiu completamente o edifício que abrigava o quartel-general da Minustah. Trata-se da catástrofe mais mortífera para a ONU desde sua criação, em 1945.

Fonte: Terra, www.terra.com.br