Primeira rainha transex, Ariadna promete desfilar com pouca roupa

Primeira rainha transex, Ariadna promete desfilar com pouca roupa

Coroada pela Unidos da Vila Santa Tereza, ela promete desfilar com pouca roupa

Ariadna está toda orgulhosa por ser a primeira rainha de bateria transexual do carnaval carioca. Honrada com o convite, acredita que vence um preconceito. E pede respeito.

?O convite de rainha me pegou de surpresa, gostei muito. Fui criada em Guadalupe, que é bem perto da escola. É uma emoção muito grande, venci um preconceito. As pessoas devem me respeitar como uma mulher, sou reconhecida por lei como mulher. A escola em nenhum momento colocou como questão estar convidando uma transexual, convidaram uma mulher?, declara em conversa com a coluna, garantindo que não tem problema com o uso da palavra transexual: ?A minha fase transexual já passou. Hoje sou uma mulher. Todos nós temos que ser respeitados, respeito mulher, homem, travesti... Só não gosto quando usam a palavra de forma errada. tenho orgulho de ser a primeira rainha de bateria transexual, sim?.

Coroada pela Unidos da Vila Santa Tereza, ela promete desfilar com pouca roupa.

"Tive uma ideia de fantasia, temos que ver se a escola vai aprovar. Vai dar muito o que falar. Vão ficar de boca aberta!", garante.

Para manter a boa forma, Ariadna corre e anda de patins. Diferentemente da maioria das rainhas, ela corre de academias e da ginástica.

?Não curto muito academia. Ando de patins e corro. E faço tratamentos estéticos, como lipocavitação, massagem modeladora e drenagem linfática. Faço esses tratamentos três vezes por semana. Não curto ser bombada, acho que a mulher perde a feminilidade. Acho que a Sabrina Sato tem o corpo perfeito?.


Orgulhosa por ser a primeira rainha transex, Ariadna promete desfilar com pouca roupa: â??Vão ficar de boca aberta!â??

Fonte: Extra