Pai de Jackson diz que filho vale muito mais morto que vivo

Em entrevista, o pai do rei do pop fala que, mesmo assim, preferia o filho vivo

 Em entrevista à revista de fofocas americana "Extra", o pai de Michael Jackson admite que seu filho vale muito mais morto do que vivo. "Mas preferia que ele estivesse vivo", consertou.

Para quem não se lembra, Joe apareceu todo sorridente em frente à casa de Michael apenas um dia após a morte do filho e já teria faturado cerca de 200 mil dólares com entrevistas.

O documentário "This is it", que mostra os bastidores do seria a última turnê de Michael Jackson, faturou U$ 2, 2 milhões (cerca de R$ 3,4 milhões) em sua noite de estreia nos EUA, na última terça-feira, 27.

Fonte: Ego, www.ego.com.br