Papa Bento XVI nomeia novo arcebispo primaz do Brasil

Dom Murilo Krieger foi nomeado arcebispo de Salvador nesta quarta (12).

O papa Bento XVI nomeou, nesta quarta-feira (12), o arcebispo de Florianópolis dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, 67 anos, o novo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil. De acordo com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o título de primaz é concedido ao arcebispo de Salvador por ser esta a primeira diocese criada no Brasil.

Dom Murilo irá substituir o cardeal dom Geraldo Majella Agnelo, 77 anos, que teve sua renúncia aceita por limite de idade. Segundo prevê o Código de Direito Canônico, ele só pode ocupar a posição até os 75 anos.

O novo arcebispo nasceu em Brusque (SC) em 19 de setembro de 1943. Ele foi ordenado presbítero em 1969 e sua nomeação episcopal aconteceu no dia 16 de fevereiro de 1985. Ele é arcebispo de Florianópolis desde fevereiro de 2002. A posse de dom Murilo está marcada para o dia 25 de março.

Dom Geraldo Majella

Dom Geraldo Majella nasceu em 1933, em Juiz de Fora (MG). Ele foi ordenado padre em 1957 e nomeado bispo em 1978, em São Paulo. Dom Geraldo foi bispo de Toledo (PR), arcebispo de Londrina (PR); presidente da Comissão Litúrgica da CNBB; secretário da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, em Roma; vice-presidente do Regional Sul 2 da CNBB (Paraná); segundo vice-presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM); membro do Pontifício Conselho da Pastoral para os Migrantes e os Itinerantes e presidente da CNBB de 2003 a 2007.

Depois de 54 anos de vida religiosa, dom Geraldo deixa inúmeros livros, artigos e teses publicados.

De acordo com a Arquidiocese de Salvador, Dom Geraldo permanece à frente da arquidiocese até a posse de Dom Murilo. A partir de então, ele se tornará bispo emérito de Salvador. Com a aposentadoria, Dom Geraldo mantém as funções de cardeal, mas deixa de administrar uma diocese.

Fonte: g1, www.g1.com.br