Paparazzo nega ter assustado cavalo que causou acidente e feriu Madonna em Nova York

A história foi rechaçada pelo fotógrafo, que contou ter feito as imagens distante, de uma rodovia.

O paparazzo, cujo nome ainda não foi revelado, que está sendo acusado pelo acidente que feriu Madonna neste fim de semana negou que seja culpado. É o que conta o site TMZ, que conversou com o fotógrafo.

Segundo a representante da popstar, Liz Rosemberg, Madonna cavalgava na região dos Hamptons, nos arredores de Nova York, quando um paparazzo pulou de um arbusto para clicá-la. O movimento brusco assustou o cavalo, derrubando a cantora.

A história, no entanto, foi rechaçada pelo fotógrafo, que contou ter feito as imagens distante, de uma rodovia. Segundo o homem, ele já não estava mais fotografando na hora da queda. O profissional informa que viu quando uma ambulância chegou à propriedade, dizendo que iria resgatar uma mulher de 50 anos.

O homem afirma que nesse momento, decidiu voltar a fotografar, mas não conseguiu ver Madonna. "Se eu tivesse assustado o cavalo, eu teria feito as imagens", disse.

Fonte: Terra, www.terra.com.br