Pato tem vitória em ação de sua separação

Pato tem vitória em ação de sua separação

Pato quer fixar em R$ 5.000 o valor da pensão à ex-mulher

Alexandre Pato conseguiu sua primeira vitória no processo de separação litigiosa de Sthefany Brito. Assim como o jogador do Milan queria desde o início, a ação do fim do casamento e de pensão alimentícia vai tramitar no Rio - mais precisamente no Fórum da Barra da Tijuca, zona oeste da capital - e não na Itália, onde o casal morava, como desejava a atriz. O processo com Sthefany como ré foi aberto no dia 29 de abril na 9ª Vara de Família do Rio.

A intenção de Sthefany em querer que o processo corresse na Europa se deve ao fato de que por lá a Justiça é mais generosa com as mulheres. Pato quer fixar em R$ 5.000 o valor da pensão à ex-mulher. O valor seria pago até ela - que está sem contrato com nenhum canal de TV - conseguir um emprego. Caso o trabalho remunere menos do que esse valor, a atriz continuará recebendo a pensão.

Enquanto morava na Itália, Sthefany recebia R$ 50.000 por mês do jogador, já que abandonou a carreira artística para ficar ao lado do então marido em Milão. É justamente nesse ponto que se baseia a defesa da atriz no processo.

Pouco antes do casamento, que durou apenas nove meses, Pato e Sthefany assinaram um pacto nupcial. O documento previa que, em caso de separação, a atriz levaria 15% do que construiu com o ex-marido durante o período em que ficassem juntos. Mas, segundo consta, o jogador não adquiriu bem algum de julho a abril, quando terminou o enlace, realizado com pompa no hotel Copacabana Palace, no Rio.

A decisão de tramitação do processo no Rio foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (13). O R7 procurou o advogado de Pato, João Paulo Lins e Silva, para ele comentar a decisão, considerada uma vitória do jogador.

- O processo corre em segredo de Justiça e não posso comentar nada sobre a decisão desta terça.

Segundo ele, o Juízo da Barra da Tijuca deve marcar uma audiência.

- Não há, ainda, uma previsão para a audiência no Fórum da Barra. Até lá não teremos novidades sobre o processo.

Ricardo Brajterman, que defende Sthefany Brito, disse ao R7 "que não vai se pronunciar sobre o assunto".

Tanto Pato quanto Sthefany estão de férias no Brasil. A assessoria de imprensa da atriz disse que não há nenhuma novidade profissional sobre ela.

Consta que o casamento acabou por conta de interfências da família da atriz. Sthefany também não estava gostando das saídas noturnas do jogador na Europa. Nenhum dos dois deu declarações sobre o que motivou o fim do conto de fadas.

Fonte: R7, www.r7.com