Paula ataca: ""Diogo pra mim não é homem, é moleque""

Na entrevista, Paula quer deixar bem claro que o seu maior objetivo não era ganhar o jogo

Na entrevista, Paula quer deixar bem claro que o seu maior objetivo não era ganhar o jogo, mas sim, simplesmete entrar na casa. BBB maníaca, ela queria viver a experiência do lado de dentro do programa. Por isso, não se entristece om a saída.

- Eu, na verdade, estava querendo entrar. Todo mundo estava focado no que eu não estava bem focada. Tentei aproveitar tudo da minha forma, do jeito que eu queria aproveitar. Estou feliz de ter chegado até aqui. Eu teria ficado mais se continuasse, mas chegou a minha hora. - analisa a eliminada.

Não podemos negar que a participante realmente aproveitou. Ela se divertiu, brigou, ganhou prêmios e encarou desafios - como o "Quarto do Terror". Chamada muitas vezes de falsa, ela se decepcionou com algumas pessoas depois de sair, mas só está magoada com Diogo, com quem já teve uma discussão pesada.

- Ele fala o que pensa de você na sua cara, mas não escuta o que você tem a dizer pra ele. E esse tipo de homem pra mim não é homem, é moleque.



Ninguém merece o prêmio, mas Wesley será o campeão

O baiano, inclusive, junto com Talula e Diana, forma o grupo de mais falsos na visão da eliminada. Do outro lado da história, ela não esconde a admiração por Cristiano e confessa que aproveitava as festas para tirar casquinha do rapaz.

-Tirei casquinha e beijei mesmo. Ele era uma pessoa com quem eu me sentia segura perto dele. Sempre me deu apoio. Ele foi a pessoa por quem eu mais sofri quando saiu. Depois do paredão dele nada foi igual com os outros.

Aqui de fora novamente, ela explica que cada participante que ainda está no jogo tem um motivo para que ela torça contra. Porém, acha que quem leva o prêmio de R$ 1,5 milhão é Wesley.

Sobre posar nua, ela ainda não dá nenhuma certeza: "Não sei. Ainda é muita informação, acabei de sair. Vou sentar, pensar bem e aproveitar a oportunidade."

Fonte: Globo, www.globo.com