Paulo Henrique Amorim é condenado à prisão por ofender jornalista da Globo

Por crime de "injúria preconceituosa", foi determinado que o apresentador da Record cumprisse um ano e oito meses de reclusão.

Paulo Henrique Amorim foi julgado e condenado à prisão, por conta de um comentário feito em 2009, em seu blog na internet.


Paulo Henrique Amorim é condenado à prisão por ofender jornalista da Globo

Na ocasião, o jornalista publicou uma crítica a Heraldo Pereira, da Rede Globo, chamando-o de "negro de alma branca" que "não conseguiu revelar nenhum atributo para fazer tanto sucesso, além de ser negro e de origem humilde".

Por crime de "injúria preconceituosa", foi determinado que o apresentador da Record cumprisse um ano e oito meses de reclusão, substituído por pena restritiva de direito a ser definida, segundo o jornal "Folha de S.Paulo".

Desembargadores diminuíram o tempo de condenação em três meses, alegando "atenuante de senilidade" prevista em lei - o jornalista completou 70 anos em fevereiro deste ano.

A advogada de Paulo Henrique, Maria Elizabeth Queijo, alegou que o cliente exerceu o "direito de crítica" e que vai recorrer.

"Ele tem esse estilo muito contundente, irônico, cortante. Mas a história toda da vida dele é de defesa dos negros, de políticas afirmativas. Soa estranho ser acusado dessas práticas", afirmou.

Fonte: msn