"Estamos dando um passinho por dia", diz Thais, mulher de Pedro

Thais Gebelein usou o Twitter nesta sexta-feira (18) para tranquilizar os fãs do marido

Mulher do cantor Pedro Leonardo, Thais Gebelein usou seu Twitter nesta sexta-feira (18) para tranquilizar os fãs do marido, que ficaram preocupados com a falta de notícias sobre o estado de saúde do filho de Leonardo, que sofreu um acidente de carro em 20 de abril quando voltava para Goiás após um show em Minas Gerais.

"Gente... Eu não coloquei mais nada, porque estamos dando um passinho por dia, entendem? A recuperação é devagar, mas o que importa pra gente é que ela está acontecendo!!! Continuo agradecendo a Deus e a todos pelas orações, vídeos e fotos de apoio! Beijo grande! Fé sempre", escreveu a arquiteta.

Na noite de sábado (12) Pedro Leonardo por uma cirurgia de emergência para ressutura da parede abdominal. A informação foi confirmada pelo hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde o cantor está internado desde o dia 26 de abril.

De acordo com a assessoria de imprensa do cantor, a cirurgia durou cerca de duas horas e meia e Pedro está se recuperando bem. A intervenção teria sido necessária devido a um corte consequente a cirurgia de traqueostomia feita no dia 6 de maio.

ENTENDA O CASO

Pedro Leonardo sofreu um grave acidente de carro na rodovia MGC-452, na divisa entre Goiás e Minas Gerais, na madrugada sexta-feira (20). O cantor, que faz dupla com o primo Thiago, voltava sozinho de um show que a dupla fez em Uberlândia e capotou próximo à cidade de Tupaciguara, ambas em Minas Gerais.

Ele foi levado pelos bombeiros ao Hospital Municipal de Itumbiara, em Goiás, onde deu entrada com trauma ortopédico, pulmonar, abdominal e do crânio e precisou passar por uma cirurgia no baço. Exames também mostraram um edema cerebral. No mesmo dia, Pedro foi transferido para o Instituto Ortopédico de Goiânia onde permanece internado em coma induzido.

Na madrugada de segunda-feira (23), ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e levou seis minutos para ser reanimado. A família cogitou transferi-lo para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, mas o procedimento foi desaconselhado na ocasião por conta da instabilidade do quadro. Na terça-feira (24) e na quarta-feira (25), ele passou por sessões de hemodiálise, que duraram aproximadamente oito horas, cada uma.

Leonardo, que cancelou a agenda de shows por uma semana, se reveza com parentes no hospital.

Fonte: Quem