Peu Sousa, ex-guitarrista da cantora Pitty, é encontrado morto

Peu Sousa, ex-guitarrista da cantora Pitty, é encontrado morto

Não há informações sobre causa da morte; família soube nesta segunda.

Peu Sousa, ex-guitarrista da cantora baiana Pitty, foi encontrado morto em sua casa, no bairro de Itapuã, em Salvador. A família soube do ocorrido nesta segunda-feira (6).

A informação da morte do guitarrista foi confirmada pelo irmão, Lahiri Galvão, que não deu detalhes sobre o caso. Não há informações sobre a causa da morte.

O corpo de Peu Sousa foi liberado na manhã desta segunda-feira do Instituto Médico Legal (IML). Segundo informações do órgão, o corpo foi encaminhado para o Cemitário Bosque da Paz, na capital baiana. O enterro está marcado para 11h30 de terça-feira (7), informou o cemitério.

?Conheço Peu desde os sete anos, está passando um filme na minha cabeça, quando ele chegou em minha casa querendo tocar violão. Essa história é muito triste?, disse o produtor e músico baiano Luisão Pereira. Na Bahia, o músico já tocou com artistas como Rebeca da Matta, Emanuelle Araújo e Preta Gil. Com Pitty, ele gravou e escreveu "Equalize?, música do disco "Admirável Chip Novo", primeiro álbum da artista, que a projetou nacionalmente. A composição é uma parceria entre eles.

O músico tocou com Pitty no Festival de Verão Salvador, edição de 2004. A apresentação aconteceu no palco principal do evento.

Em setembro de 2008, integrou o grupo Nove Mil Anjos, tocando guitarra. A banda de rock tinha o baixista Champignon (ex-Charlie Brown Jr.), o baterista Junior (irmão de Sandy) e o vocalista Péricles Carpigiani. Um ano depois, eles fizeram uma pausa e nunca mais voltaram. O único disco foi produzido por Sebastian Krys, que já trabalhou com Sandy & Junior e faturou 11 Grammys (7 deles Latinos).

Junior Lima, que foi companheiro de banda de Peu Sousa, comentou a morte do músico. "Tomei um susto quando soube do falecimento do Peu (guitarrista da 9MA)! Vou rezar pela familia dele!", escreveu Junior em seu perfil no Twitter.

A roqueira baiana Tati Trad, que realizou o projeto Candy Dandy Bandy no início de 2012 com Peu, falou na manhã desta segunda com o G1. ?Peu era um cara incrível, um músico excelente, uma pessoa muito especial e que vai fazer muita falta?, disse. O músico Fábio Trad, também integrou o projeto.

Pitty, com quem Peu gravou faixas como "Equalize", também lamentou a morte no Twitter: "Muito, muito triste com essa notícia. Tanta história partilhada desde a adolescência... Fica na memória o músico incrível que ele sempre foi. Sem palavras pra expressar o quanto estou sentida. Nunca pensei que teria que escrever isso um dia... Descanse em paz, Peu."

Fonte: G1