Piada do mineiro brincando de antônimo

Piada do mineiro brincando de antônimo

- Zé vamos brincá di antônimo?

- O que cê falô?

- Brincá di antônimo, sô! Qué dizê, uma coisa contrária da otra! Por exemplo: arto e baxo, forte e fraco!

- Ah, intindi tudim agora! Intão, vamu brincá!

- O que vai valê??

- Uma cerveja... Eu  começo, tá?

E os dois mineirinhos começaram a brincadeira:

- Gordo?

- Magro!

- Hômi?

- Muié!

- Preto?

- Branco!

- Verde?

- Uai, verde? Verde tem esse tar de antônimo, não!

- Craro que tem!

- Intão explica, sô!

- Maduro!

- Ai, caráio! Perdi a aposta! Vâmu di novo, valendu ôtra cerveja? Mas dessa veiz eu cumeço!

- Pódi cumeçá!

- Saúde?

- Duença!

- Moiádo?

- Seco!

- Agora cê me paga fiudumaégua! Qué vê só?

E ele fala:

- Fumo?

- Não, não! Peraí... fumo num tem antônimo!!

-Craro qui tem, uai!

- Intão, diz aí, qualé o antônimo di fumo?

- Essa é fácil, sô...Vortemo!

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: piadas.com.br