Piloto de 67 anos morre três dias após grave acidente em Interlagos

Piloto de 67 anos morre três dias após grave acidente em Interlagos

A batida de Kunze deve gerar o início de uma nova discussão

O piloto Paulo Kunze, que sofreu grave acidente no último domingo em Interlagos, morreu nesta quarta-feira, aos 67 anos, no Hospital Alvorada, em São Paulo. Ele estava em coma em decorrência de um quadro neurológico grave, causado por um traumatismo craniano.

O acidente aconteceu durante etapa da Stock Paulista. Kunze foi operado na noite de domingo, mas não resistiu aos ferimentos. Ele entrou em coma nesta terça e morreu hoje pela manhã, três dias depois da colisão.

Duas semanas antes da batida de Kunze, ocorrida no início da reta oposta de Interlagos, outro acidente marcou a pista na capital paulista. O piloto Gustavo Sondermann perdeu o controle na Curva do Café, acabou atingido por outro carro durante prova da Copa Montana, categoria de acesso da Stock, e também não resistiu. O acidente levou pilotos de todo o País a cobrarem melhorias na segurança do autódromo.

Já a batida de Kunze deve gerar o início de uma nova discussão: a CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) estuda impor uma "reciclagem" a pilotos mais velhos, que seriam submetidos a testes periódicos para que a entidade verificasse as condições de competir.

Confira a nota oficial do Hospital Alvorada:

NOTA DE FALECIMENTO

O Hospital Alvorada lamenta informar que o piloto Paulo Kunze, de 67 anos, não resistiu aos ferimentos decorrentes de um traumatismo crânio-encefálico e faleceu nesta quarta-feira, dia 20/04, às 10h30.

O velório será no Cemitério de Congonhas, em horário a ser definido pelos familiares.

Hospital Alvorada.

Fonte: Terra, www.terra.com.br