Polêmica: "Todo artista ou é muito homem ou muito gay", diz Latino

"Acho que não existe mulher feia. Tem mulher malcuidada e mal- administrada", acrescentou.

O cantor Latino falou sobre seus relacionamentos e vaidade em entrevista ao jornal "O Dia". Ele, que tem quatro filhos e já se gabou de ter tido mais de mil mulheres, se defendeu da fama de mulherengo.


Polêmica:

"É o mel que minha mãe me deu.É um pouco de sorte. Tive algumas mulheres bacanas na minha vida e todas foram importantes naquele momento que vivi. Todo artista ou é muito homem ou muito gay. É sempre o extremo", disse.

Sobre mulheres saradas, ele afirmou: "Acho que não existe mulher feia. Tem mulher malcuidada e mal- administrada (faz sinal de dinheiro com as mãos). Quantas mulheres feias se tornaram bonitas com o tempo? Se tem um cara ajudando, dando uma força, e a garota tem sabedoria do que é melhor para ela, acaba ajudando. Nunca economizei com mulher. Sempre fui mão aberta. Se tem, por que não dividir?".

Latino admitiu ser vaidoso e sobre ser pai ele disse que não é um dos melhores: "Podia ser melhor, mas graças a Deus elas entendem e têm a mãe para substituir esse outro lado. Mas, sempre que posso, estou junto", diz.

Fonte: O Dia Online