Policial Militar chora após resgate de cinco crianças

Policial Militar chora após resgate de cinco crianças

Até as 12h desta segunda-feira (8), as duas mães ainda não tinham ido à Delegacia da Mulher

As cinco crianças que foram deixadas em casa sozinhas pelas mães que foram a um baile de forró, em Jundiaí, a 58 km de São Paulo, foram levadas para dois abrigos da cidade. Duas crianças eram bebês com menos de um ano de idade. As outras tinham 5, 8 e 9 anos. O Conselho Tutelar já conseguiu que elas fiquem juntas numa mesma instituição até que a Justiça decida o futuro delas. O abrigo ainda não foi definido.

Até as 12h desta segunda-feira (8), as duas mães ainda não tinham ido à Delegacia da Mulher para prestar depoimento. Elas deverão ser processadas por abandono de incapaz e maus tratos. As crianças foram deixadas sozinhas num barraco, neste domingo (7). A polícia foi acionada por vizinhos que ouviram o choro delas.

O sargento da Polícia Militar Marcos César Oliveira, responsável pelo resgate, se emocionou com a condição delas. Ele chegou a levar para a sua casa os dois bebês. ?Tanta gente que quer e não pode ter e essas crianças tiveram a oportunidade de terem uma família, mas infelizmente a família não dá a atenção que elas merecem", disse emocionado.

De acordo com a polícia, as duas mães tinham saído para ir a um baile. Imagens feitas pelo policial mostram que pelo menos duas delas dormiam no chão. Segundo o sargento, o local estava sujo e cheirava mal. ?Um cheiro horrível de álcool, cachaça dentro da casa. O chão completamente sujo com resto de comida e lixo. Uma condição muito desumana dentro do barraco?, contou ele.

Fonte: g1, www.g1.com.br