Por drogas, Paris Hilton tem entrada barrada no Japão

Por drogas, Paris Hilton tem entrada barrada no Japão

Hilton, que é herdeira da rede de hotel homônima, foi detida e interrogada por seis horas por autoridades de imigração em Aeroporto de Tóquio.

Paris Hilton teve sua entrada no Japão barrada nesta quarta-feira. Horas antes, em Las Vegas, ele havia admitido a posse de cocaína perante um Tribunal. Ela viajou ao Japão em avião privado para participar de um evento de moda. Com a detenção, o programa acabou sendo cancelado.

Hilton, que é herdeira da rede de hotel homônima, foi detida e interrogada por seis horas por autoridades de imigração no Aeroporto de Narita, de Tóquio. Após o interrogatório, americana foi encaminhada para passar a noite num hotel, até que teve sua entrava negada.

A porta-voz da celebridade disse que Paris "estava comprometida com a viagem de negócios e não queria desapontar as marcas e seus fãs asiáticos", acrescentando que "ela está se esforçando para fazer a coisa certa", embora isso esteja "fora do seu controle". Paris estaria "muito desapontada", completou.

Paris Hilton foi detida em agosto por posse de cocaína, mas conseguiu um acordo com a Justiça do estado de Nevada (EUA) e permanecerá em liberdade condicional por um ano. Ela vai participar de um programa antidrogas, pagar uma multa de US$ 2 mil e cumprir 200 horas de serviços à comunidade.

Pela lei japonesa, as autoridades podem negar a entrada a pessoas que tenham sido condenadas por delitos relacionados com entorpecentes.

Fonte: Terra